A avaliação de ruído deve ser feita periodicamente nos espaços laborais em que haja a emissão de sons em volumes elevados. Serve para atender às exigências da NBR 10151, na qual estão previstos os níveis aceitáveis de ruído em comunidades, além da NR-15. Um ponto importante, exposto logo no seu primeiro item, é que o respeito às normas independe do registro de reclamações.

Portanto, se a sua empresa emite sons que possam perturbar a paz na sua região, continue lendo para saber como tratar desse aspecto fundamental para o bem-estar das pessoas. Vamos em frente?

Dicas para realizar a avaliação de ruído

O primeiro aspecto para o qual você deverá atentar antes de realizar a avaliação de ruído é conhecer os limites impostos pela norma. Assim sendo, cumpre observar os valores, em decibéis, estipulados na Tabela 1 para ambientes externos:

Tipos de áreas                                                                                                Diurno          Noturno

Áreas de sítios e fazendas                                                                        40 35

Área estritamente residencial urbana ou de hospitais ou de escolas       50 45

Área mista, predominantemente residencial                                     55 50

Área mista, com vocação comercial e administrativa                    60 55

Área mista, com vocação recreacional                                                  65 55

Área predominantemente industrial                                                     70 60

1. Tenha os profissionais certos

Considerando os limites para cada tipo de área, faz-se necessário o apoio de especialistas em avaliação de ruído, já que é exigido equipamento homologado para a avaliação. Dessa forma, a medição terá a credibilidade para atestar ser os níveis de barulho estão dentro da faixa aceitável. Vale destacar que o especialista indicado para executar essa medição é o engenheiro em segurança do trabalho, que pode ser contratado por meio de empresa terceirizada.

2. Esteja atento ao conteúdo do laudo

Tendo um profissional competente ou uma empresa contratada para fazer a medição, o segundo passo é atentar para a elaboração correta do laudo. Nele, deverão constar:

  • o método empregado:
  • data e horário;
  • as fontes de emissão de ruído identificadas;
  • resultados das aferições, em decibéis;
  • comparativo entre os graus de ruído identificados e os de avaliação NCA (Nível Critério de Avaliação);
  • especificações do equipamento utilizado nas medições e data em que foi calibrado.

3. Faça nos períodos adequados

As medições deverão contemplar todos os locais e períodos da jornada de trabalho em que a empresa emita ruídos. Portanto, se a sua empresa emite sons potencialmente perturbadores ao longo do dia, sua análise deverá ser ampla o bastante para mostrar um panorama completo.

A importância da avaliação de ruído

Além de garantir o conforto sonoro e bem-estar de trabalhadores, visitantes e vizinhança, há aspectos fundamentais envolvidos na avaliação de ruído. Veja na sequência.

Alinhar-se às leis vigentes

Manter a emissão sonora dentro dos limites impostos pela NBR 10151 garante que sua empresa estará alinhada ao que determina a lei. Além disso, evita que uma possível fiscalização do trabalho tenha o indesejado desfecho com uma multa ou mesmo suspensão.

Preservar a SST na sua empresa

Saúde e Segurança do Trabalho tem tudo a ver com um ambiente tranquilo e sem excesso de ruídos. Nesse aspecto, vale destacar que, nos locais em que a emissão sonora é superior a 80 decibéis, é obrigatório o uso de EPI protetor contra barulho.

Observando as dicas e as orientações que você leu neste artigo, seus laudos de avaliação de ruído manterão sua empresa em dia com o que diz a norma. Contudo, o mais importante é que estarão garantidas a qualidade de vida das pessoas que estejam direta ou indiretamente expostas aos ruídos. Esteja sempre de olhos abertos e de ouvidos atentos!

O conteúdo foi informativo? Então, curta nosso Facebook, siga nosso Instagram e nossa página no LinkedIn para receber outros como este em seu feed de notícias!