Entenda no post de hoje o que é o Programa de Prevenção de Perda Auditiva e qual a sua importância nas empresas.

 

A saúde auditiva faz parte da segurança do trabalho. Medidas de controle estão previstas em normas regulamentadoras na legislação vigente.

Trabalhadores expostos a níveis de ruído acima de 85 dB correm o risco de perderem ou terem uma diminuição em sua capacidade auditiva ao longo dos anos.

Por isso, o Programa de Prevenção de Perda Auditiva (PPPA) está anexado ao Programa de Controle Médico de Saúde Ocupacional (PCMSO).

 

O que é o PPPA?

O PPPA é um programa de prevenção que visa identificar riscos físicos relacionados ao ruído e neutralizar ou amenizá-los.

Níveis de pressão sonora elevados a mais de 85 dB podem ser prejudiciais à saúde do colaborador após um extensivo período de exposição.

Isso pode causar diminuição da capacidade auditiva e até surdez, dependendo da gravidade do problema.

Além de riscos físicos envolvendo ruídos, também são considerados os riscos químicos e quaisquer outros agentes que possam desencadear problemas auditivos.

 

Quem deve implementar o PPPA?

Não existe uma determinação que diga que uma empresa deve implementar o PPPA e a outra não.

A regulamentação diz que toda e qualquer empresa deve implementar o programa.

Algumas devem fazê-lo com maior urgência, especialmente aquelas onde os trabalhadores estão expostos a potenciais riscos para a audição, como ruído, agentes químicos e vibrações.

Apesar disso, a legislação vigente prevê multa para a empresa que não cumprir com a implementação do programa.

Além de prevenir situações de alto risco auditivo, o PPPA também tem papel educativo, ensinando e orientando trabalhadores e empregadores a cumprirem com a legislação.

 

As etapas de implementação do PPPA

O Programa de Prevenção de Perdas Auditivas é implementado em 7 passos, conforme veremos abaixo:

  1. Gerenciamento e avaliação de riscos para a audição;
  2. Gerenciamento audiométrico e padronização dos procedimentos para a realização e a análise de exames, com o objetivo de identificar alterações auditivas de origem ocupacionais ou não ocupacionais;
  3. Adoção de medidas de proteção individuais e coletivas (de engenharia, administrativas) quando identificados e avaliados os agentes de risco;
  4. Implementação de medidas de proteção individuais e coletivas, incluindo a seleção, a indicação, a adaptação e o acompanhamento da utilização do equipamento de proteção individual adequado aos riscos;
  5. Desenvolvimento de atividades que propiciem informação, treinamento e motivação tanto dos trabalhadores como dos profissionais das áreas de saúde, segurança e administração da empresa;
  6. Gerenciamento e sistematização dos dados obtidos nas etapas anteriores, de modo a subsidiar ações de planejamento e controle do PPPA;
  7. Avaliação da efetividade do programa, tendo em vista que seu objetivo principal é evitar ou reduzir a ocorrência de perdas auditivas ocupacionais.

 

Proteja seus colaboradores

A Clinimed Joinville realiza a implementação do Programa de Prevenção de Perda Auditiva. Implemente o PPPA e cumpra a legislação.

Fale Conosco pelo WhatsApp
1