Entenda o que é gestão ambulatorial e qual sua importância, suas vantagens e benefícios para a empresa.

 

Sinistralidade, acidentes de trabalho, absenteísmo e utilização de convênio médico são todos custos que aumentam quando a empresa não se preocupa com a gestão ambulatorial.

Contar com um ambulatório na empresa é uma boa forma de diminuir todos esses custos.

Além disso, as vantagens da terceirização incluem economia de tempo e dinheiro, o que permite que o gestor tenha mais disponibilidade para atuar de forma estratégica.

No post de hoje, você conhecerá a gestão ambulatorial e como ela impacta na empresa como um todo.

 

O que é a gestão ambulatorial?

A gestão ambulatorial consiste na disponibilização de uma equipe completa de ambulatório dentro das dependências da empresa.

Esse primeiro atendimento é focado em solucionar os casos mais simples e imediatos.

Com isso, ela promove a saúde e a segurança dos colaboradores, além de contribuir para aprimorar sua qualidade de vida.

Esse tipo de atendimento médico também acaba reduzindo significativamente os gastos com saúde, já que muitos problemas podem ser solucionados sem que o funcionário acione o plano médico da empresa.

 

Como funciona a gestão ambulatorial?

A gestão ambulatorial funciona, majoritariamente, em cinco frentes. Os 5 pontos fundamentais dizem respeito à gestão de:

  • Recursos humanos, envolvendo todas as equipes, inclusive de saúde;
  • Recursos físicos, como insumos, medicamentos, materiais, equipamentos e mobiliário;
  • Processos, envolvendo protocolos e procedimentos operacionais;
  • Indicadores operacionais e gerenciais, com apresentação de relatórios;
  • Documentos, seguindo os padrões definidos pela legislação.

 

Qual a importância da gestão ambulatorial?

Além de diminuir o percentual de absenteísmo, atender os colaboradores no ambiente de trabalho reduz também as despesas com ausências devido a acidentes e doenças.

Outro ponto importante é que o cuidado com a saúde dos colaboradores contribui para a redução da rotatividade, que é um grande problema.

O alto custo das demissões e contratações e a perda de talentos são dois dos principais fatores desse problema, que pode ser reduzido com a gestão ambulatorial.

Já por parte da empresa prestadora desse serviço, ela disponibiliza uma equipe completa de ambulatório, com médicos generalistas, especialistas, fisioterapeutas, fonoaudiólogos, enfermeiros, psicólogos, técnicos de enfermagem, entre outros.

 

Quais os benefícios da gestão ambulatorial?

Entre os benefícios da gestão ambulatorial para as empresas, podemos destacar:

  • Redução de faltas e ausências (absenteísmo);
  • Aumento da produtividade;
  • Utilização racional da assistência médica;
  • Fortalecimento do relacionamento entre empresa e colaborador;
  • Rápido atendimento em casos de emergência;
  • Atendimento a urgências;
  • Atendimento ocupacional e assistencial;
  • Atendimento mais adequado aos grupos de risco.

 

Além disso, há também uma série de vantagens administrativas para a empresa, como:

  • Controle e acompanhamento médico;
  • Rapidez na realização de exames médicos;
  • Melhoria no planejamento de ações preventivas;
  • Mapeamento da saúde ocupacional;
  • Gestão integrada ao atendimento assistencial e ocupacional;
  • Substituição imediata de profissionais sem custos adicionais;
  • Cobertura de férias, faltas e licenças;
  • Monitoramento de atestados e casos individuais dos colaboradores;
  • Isenção de processos trabalhistas;
  • Relatórios e informações gerenciais de tudo que envolve saúde dentro da empresa.

 

Com a gestão ambulatorial, o gestor tem mais tempo para a empresa

É importante destacar que um dos principais benefícios da gestão ambulatorial é deixar o gestor mais livre para atuar de forma estratégica em sua empresa.

Ao delegar tarefas como essa a empresas terceirizadas, competentes e preparadas, o administrador dispõe de maior autonomia para traçar metas e estratégias benéficas ao negócio.

Elas estão relacionadas à manutenção de um ambiente de trabalho mais produtivo, inspirador e que deixa os colaboradores mais preparados para desempenhar suas funções.

 

Quais resultados pode-se esperar?

É claro que, em teoria, tudo isso soa maravilhoso. Mas, abaixo, você verá alguns números generalistas do que esperar com a implementação da gestão ambulatorial.

Primeiramente, estima-se uma redução de 25% nos custos com saúde e de 30% no absenteísmo.

Há também uma redução de 46% nos casos de sinistralidade nos planos de saúde.

As consultas de emergência em hospitais conveniados também observam uma redução de 50%.

Enquanto isso, a solução efetiva dos problemas envolvendo saúde ganha um acréscimo de 80% a 90%.

Assim, é seguro dizer que a forma como a empresa se relaciona com seus colaboradores é transformada com a gestão ambulatorial.

Integrar o ambulatório na empresa pode facilitar a gestão de diversos casos, reduzir custos, sinistralidade e ainda melhorar a satisfação dos funcionários.

Saiba mais sobre a gestão ambulatorial para sua empresa.

Open chat
Olá! Como podemos lhe ajudar?