Entenda quais são os benefícios da ginástica laboral, como ela ajuda a prevenir lesões e melhorar o desempenho no trabalho.

 

Todo mundo sabe que exercícios físicos são indispensáveis para a manutenção de uma boa saúde.

No entanto, nem sempre é fácil implementar essa prática em meio às rotinas corridas e estressantes da maioria dos brasileiros.

Por isso, as empresas começaram a adotar a prática da ginástica laboral.

Os resultados são ótimos e, hoje, a ginástica laboral está presente na grande maioria das empresas, especialmente as de grande porte.

Entenda um pouco mais sobre os benefícios da ginástica laboral.

 

O que é a ginástica laboral?

A laboral, como é carinhosamente chamada, é a prática de exercícios físicos de baixa intensidade e curta duração dentro do expediente de trabalho.

Os colaboradores fazem uma pausa, geralmente entre 15 e 20 minutos, para a realização de uma atividade física que pode ser feita por todos, independentemente das capacidades físicas de cada um.

A laboral deve sempre ter a supervisão de profissionais especializados e deve ser feita dentro do ambiente de trabalho.

As empresas que têm o costume de praticar a ginástica laboral normalmente têm um espaço dedicado somente a isso.

 

Quais os benefícios da ginástica laboral?

Desempenho

A ginástica laboral pode ser simples, como um alongamento, uma dança, um jogo ou simplesmente uma caminhada.

Os primeiros benefícios são observados no desempenho da equipe. Todos ficam mais alertas e dispostos após o exercício, devido ao aquecimento dos grupos musculares.

Quando realizada no meio do expediente, a laboral interrompe a monotonia dos esforços repetitivos com exercícios diferenciados.

Isso melhora a circulação sanguínea e evita problemas de má postura, já que o exercício movimenta, normalmente, todas as áreas do corpo.

A alta circulação sanguínea também ajuda a manter o foco durante mais tempo.

 

Prevenção de lesões

Outro benefício da ginástica laboral é a prevenção de lesões por esforço repetitivo (LER).

Com o sistema osteomuscular fortalecido, o colaborador fica mais resistente a este tipo de enfermidade.

Além disso, há uma grande tendência na correção da postura, principalmente durante os exercícios de alongamento.

Isso previne doenças da coluna, dores nas costas e deformações, todos causados por longos períodos sentado.

Ao fim do expediente, a laboral ajuda a oxigenar as estruturas musculares, diminuindo a sensação de cansaço, liberando tensões musculares, diminuindo o estresse e evitando o aparecimento de lesões.

 

Redução de estresse

Não é segredo para ninguém que o estresse está presente na grande maioria das empresas brasileiras.

O que talvez muita gente não saiba, é que ele é um dos responsáveis por diversas doenças, e pode diminuir o rendimento do colaborador.

Mais um benefício da ginástica laboral é o alívio das dores, a redução do cansaço e da indisposição, e a melhora do clima organizacional.

Tudo isso contribui para diminuir o estresse envolvido no trabalho.

Além disso, a ginástica laboral também é uma forma de gerar interação social entre os colaboradores, bem como de incentivar a prática de exercícios fora do ambiente de trabalho.

 

Bem-estar mental e emocional

No tangente à saúde mental, a ginástica laboral ajuda a equilibrar a mente e diminuir tensões.

Como ela dissolve pontos de tensão no corpo, alivia dores e diminui o estresse, o colaborador se sente mais calmo, tranquilo e em harmonia.

A redução das tensões emocionais e psicológicas são importantes para diminuir e prevenir a depressão e a ansiedade.

Além disso, a ginástica laboral reforça a autoestima do colaborador, ajuda-o a se sentir parte da equipe, proporciona novas amizades e cria um ambiente leve, descontraído e alegre para todos.

 

Ergonomia

Por fim, o último benefício da ginástica laboral que vamos comentar aqui é a ergonomia.

Ergonomicamente falando, a prática de exercícios físicos fortalece os músculos, ossos e ligamentos.

Além disso, a ginástica laboral ajuda a corrigir a postura, pois, durante o exercício, o colaborador sente quando sua postura está incorreta.

Ela também permite a criação das condições mais favoráveis para que os colaboradores desenvolvam seu trabalho.

A simples prevenção de doenças ocupacionais já é um fator que chama a atenção, fazendo da ginástica laboral uma grande aliada da ergonomia.

Por fim, movimentar-se quebra a monotonia, fortalece o corpo e a mente, estimula a criatividade e promove a saúde de forma geral.

Open chat
Olá! Como podemos lhe ajudar?