Entenda o impacto das doenças mentais no trabalho e saiba o que fazer para preveni-las.

 

Costumamos dizer que a depressão e a ansiedade são as doenças do século.

Mas será que você entende o impacto que estas e outras doenças mentais causam no trabalho?

É o que vamos explicar no post de hoje. Quais são as principais, seus impactos e como preveni-las.

 

Quais são os impactos das doenças mentais no trabalho?

As principais doenças mentais que podem ser desenvolvidas ao longo da vida são a depressão, a ansiedade, o transtorno bipolar, a esquizofrenia e a demência.

 

Improdutividade e falhas

Quando as doenças mentais começam a aparecer, elas podem causar confusão mental, desânimo, sono excessivo, perda de concentração, entre outras condições.

Isso tudo contribui para que o colaborador se torne gradativamente improdutivo, tentando se esquivar de suas responsabilidades.

Quando realmente faz o que precisa fazer, a falta de concentração acaba deixando-o desatento, o que pode causar erros e falhas nas atividades.

Tudo isso é sinal de que uma doença mental pode estar começando a surgir.

Ao invés de repreender este colaborador, o ideal é tentar ajudar e entender o que se passa.

 

Absenteísmo

Caso as doenças mentais já estejam evoluindo para quadros mais graves, o colaborador começa a não cumprir sua carga horária corretamente.

Em determinados momentos, ele simplesmente ficará em casa.

Isso acontece porque o desânimo o atinge de uma forma avassaladora, fazendo-o pensar que toda a sua vida é em vão.

Assim, ele acaba não tendo mais vontade de sair de casa, de viver e de se relacionar.

A pessoa começa a pensar que não faz a mínima diferença nem contribui em nada para a sociedade, e se isola.

Se um colaborador começa a faltar ocasionalmente sem motivos palpáveis, é um sinal de doenças mentais.

 

Relações interpessoais

A irritabilidade, a indiferença, a mudança repentina de humor e a negatividade são alguns sinais de doenças mentais.

A ansiedade, por exemplo, faz com que a pessoa não consiga respeitar o tempo de fala do outro e queira expor suas ideias antes.

Quando as relações interpessoais de um colaborador começam a ficar muito conturbadas de uma hora para outra, pode significar que há um distúrbio mental em ação.

Condições como ansiedade, bipolaridade e depressão são difíceis de lidar e geralmente causam atrito entre colaboradores.

 

Como prevenir as doenças mentais no trabalho?

Conscientização

Em primeiro lugar, é preciso desmistificar as doenças mentais coletivamente.

Existe um preconceito muito grande que aponta doenças mentais como “coisa de louco”, e na verdade não é nada disso.

Crie programas, material, palestras e treinamentos sobre doenças mentais para aplicar aos colaboradores.

Todos devem entender que é preciso respeitar quem está com problemas e tentar ajudar.

Também é necessário que os próprios colaboradores não tenham medo de procurar ajuda, ou de admitir terem uma doença mental por vergonha dela.

Assim, pouco a pouco, você abre espaço dentro da empresa para o diálogo acerca da saúde mental.

 

Conhecimento

Tendo em mente o impacto das doenças mentais no trabalho, é imprescindível transmitir conhecimento acerca delas para os colaboradores.

Todos devem conhecer os sintomas, os nomes, os sinais, os possíveis tratamentos e como procurar ajuda.

Nós passamos a maior parte do dia no trabalho. Por isso, é normal que um colega de trabalho consiga perceber algo que um familiar não percebe.

Se a equipe possuir o conhecimento sobre as doenças mentais, poderá ajudar seus colegas a procurarem ajuda.

Transmita esse conhecimento em todas as oportunidades possíveis.

 

Cultura organizacional

Por mais estressante que seja o dia a dia em uma empresa, sempre é possível moldar a cultura organizacional para amenizar situações de risco emocional.

O risco emocional engloba situações que podem contribuir para o agravamento de doenças mentais, como a ansiedade e a depressão.

Em primeiro lugar, deve reinar o respeito em todas as áreas da empresa.

Não admita discriminações de qualquer tipo, pois o que é brincadeira para um, pode ser uma grave ofensa emocional para outro.

Além disso, procure formas de deixar o trabalho mais descontraído, confortável e agradável.

Ofereça benefícios, pausas, mimos, pequenos lanches, café, qualquer coisa que possa amenizar os ânimos e trazer harmonia.

 

Equipe especializada

Uma das melhores formas de prevenir doenças mentais no trabalho é contar com o apoio de uma equipe especializada.

Essa equipe médica terá a capacidade de identificar e encaminhar pacientes com doenças mentais para os tratamentos corretos precocemente.

Às vezes, o coração acelerado, a pressão alta ou baixa, além de dores de cabeça constantes, são sinais iniciais de doenças mentais.

A importância de ter uma equipe médica especializada dentro da empresa não para por aí.

Conheça os benefícios da saúde ocupacional e transforme sua empresa em um lugar melhor para trabalhar.

Open chat
Olá! Como podemos lhe ajudar?