A ergonomia cognitiva ajuda a manter o alto desempenho da equipe, com saúde mental e equilíbrio. Entenda como isso funciona.

Para que uma equipe consiga desenvolver suas atividades com alto desempenho é necessário que haja harmonia entre os aspectos físico, mental e relacional dentro da organização.

Surge, então, o conceito de ergonomia cognitiva, que visa manter o equilíbrio no âmbito mental e cognitivo para que não haja exaustão, desgaste ou estresse no ambiente de trabalho.

No post de hoje, você entenderá como funciona a ergonomia cognitiva e qual sua importância.

O que é ergonomia cognitiva?

Foco, concentração, raciocínio e atenção são fatores extremamente importantes no desenvolvimento das atividades de qualquer empresa. Entretanto, nem sempre estes fatores caminham lado a lado de mãos dadas.

Muitas vezes, há um desequilíbrio que leva os colaboradores à exaustão. Isso acaba gerando um declínio na produtividade, erros mais frequentes, faltas e até mesmo desligamentos voluntários, quando o colaborador não consegue mais suportar a pressão.

A ergonomia cognitiva estuda e implementa soluções para que o trabalho não se torne um sacrifício. São ações implementadas para melhorar a relação do colaborador com a empresa, suas atividades e seus colegas.

 

Quais são os riscos cognitivos dentro de uma empresa?

Elevada carga de trabalho

Quando um colaborador tem uma carga de trabalho muito grande, o colapso é quase sempre certo, mais cedo ou mais tarde. Além da pressão mental para entregar todas as demandas, há também os limites físico e mental.

 

Transtornos psicológicos

É muito fácil desenvolver condições psicológicas prejudiciais quando o ambiente de trabalho não está saudável. Estes transtornos, como estresse, depressão e ansiedade, podem atrapalhar as atividades de forma acentuada, até que o colaborador decida se desligar da empresa.

 

Perda de foco

Quando não há uma harmonia entre o ambiente, as atividades e os colegas de trabalho, a mente começa a tentar escapar desta situação involuntariamente. Isso acaba gerando a perda de foco, que é quando tentamos encontrar motivos para adiar o que precisamos fazer, ou simplesmente nos distraindo para “fugir” desta realidade.

 

Aprendizado dificultado

Quando o colaborador assiste a um treinamento ou palestra e, logo após, não consegue se lembrar do que foi dito, acaba sendo um tempo perdido. Isso pode ocorrer facilmente em ambientes que não se preocupam com a ergonomia cognitiva.

 

Perfil indeciso

A capacidade de tomar decisões é crucial para diversas atribuições e funções. Acontece que, muitas vezes, com o estresse e a ansiedade, o profissional se vê incapaz de tomar uma decisão em tempo hábil, adiando a situação o máximo possível. O resultado é observado depois, com perda de produtividade e atrasos iminentes.

 

Como a ergonomia cognitiva consegue ajudar as empresas?

A ergonomia cognitiva consegue abranger uma grande quantidade de fatores para desenvolver o ambiente, os processos e o dia a dia dos profissionais. Como benefícios, são observadas diversas melhorias, tanto no ambiente em si, quanto na capacidade dos colaboradores.

 

Retenção de conhecimento

Os profissionais passam a absorver o conhecimento que é transmitido de forma mais eficaz. Treinamentos, palestras, reuniões e workshops começam a fazer mais sentido e se tornam mais interessantes no âmbito profissional.

Quando os colaboradores não sofrem de problemas cognitivos, eles possuem maior facilidade para reter o conhecimento, podendo resolver problemas e situações críticas.

 

Atenção e foco

Um ambiente cognitivamente confortável promove a atenção às atividades que estão sendo realizadas no momento presente, sem que o profissional fique desviando seu foco para atividades futuras, ou para depois do expediente.

 

Motivação

A ergonomia cognitiva auxilia na motivação de pessoas dentro das empresas, entregando um ambiente estimulante, do qual elas querem fazer parte. O desejo de contribuir com o desenvolvimento da organização também é um dos benefícios que mostra a motivação dos colaboradores em um ambiente cognitivamente saudável.

 

Tomada de decisões

Uma mente descansada e equilibrada é capaz de tomar as melhores decisões no menor intervalo de tempo. Este é um dos melhores benefícios da ergonomia cognitiva. Dessa forma, evita-se que um colaborador não consiga tomar uma decisão, gerenciar uma tarefa ou administrar algum recurso.

 

Diminuição da rotatividade

Quanto mais saudável for o ambiente de trabalho, menor será a rotatividade. A ergonomia cognitiva visa transformar a empresa em um ótimo lugar para trabalhar, promovendo a motivação, a sensação de recompensa, a saúde e a satisfação. Por isso, a rotatividade diminui e os colaboradores passam longos anos trabalhando para a empresa.

 

Como funciona a ergonomia cognitiva na prática?

Existem muitas formas de promover a ergonomia cognitiva dentro das empresas. Uma delas é através de treinamentos e atualizações. Quando os colaboradores possuem melhor conhecimento sobre sua área de atuação, eles conseguem lidar com as situações com muito mais desenvoltura e autoridade.

Além dos conhecimentos aplicados ao trabalho em si, a empresa também pode incentivar os profissionais a procurarem seus hobbies e interesses nos horários de descanso. Isso auxilia a aliviar o estresse e restaurar o equilíbrio mental para o dia seguinte. Uma noite fazendo algo prazeroso ou divertido pode apagar um dia inteiro de estresse, fazendo tudo valer a pena.

Outra boa forma de aplicar a ergonomia cognitiva é com pausas frequentes entre as atividades. A atividade física laboral, por exemplo, ajuda a reequilibrar os níveis de oxigênio no cérebro, ativar a circulação e aliviar tensões. Programas de meditação podem contribuir fortemente para a inteligência emocional, que ajuda nas situações mais críticas.

Para finalizar, há também a possibilidade de desafiar os colaboradores de forma saudável, estimulando suas melhores capacidades através de jogos ou competições cognitivas. O uso da inteligência aplicada a determinada área do conhecimento pode aguçar o desempenho de um colaborador durante várias horas.

Se você quer entender melhor como isso funciona, fale com nossa equipe e conheça os programas de ergonomia cognitiva da Clinimed Joinville!

Open chat
Olá! Como podemos lhe ajudar?