A auditoria em segurança do trabalho é essencial para qualquer empresa que deseja crescer de forma sustentável e dentro da legislação. Trata-se de um procedimento realizado com o intuito de averiguar de forma precisa o atendimento às exigências relativas aos processos gerenciais e operacionais.

Ele é feito por meio de preceitos definidos por normas da Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT), Normas Regulamentadoras (NR’s), Segurança e Saúde no Trabalho (SST) e demais parâmetros.

Por meio da auditoria é possível identificar os fatores que estão fora das conformidades nas operações em geral e pontos que elevam as possibilidades de doenças ocupacionais ou acidentes no ambiente laboral.

Quer entender melhor como funciona esse processo? Então, continue a leitura!

Qual é a importância da auditoria em segurança do trabalho?

Esse procedimento é importante para que a companhia consiga realizar uma autoavaliação e elaborar um planejamento com a finalidade de adequar tudo aquilo que não está dentro dos padrões de conformidade. A auditoria precisa ser executada por profissionais qualificados e com conhecimentos específicos em relações aos itens que serão auditados.

É realizada por auditores, que não podem estar envolvidos com a tarefa que se encontra em processo de auditoria. O auditor deve orientar o gestor da organização para que ele atenda às imposições presentes nas normas. Assim, em caso de perícias, há a garantia de que tudo esteja funcionando adequadamente.

Quais são os tipos de auditoria?

Uma auditoria pode ter vários objetivos e ser dividida em três tipos. Veja quais são:

  • auditoria interna: dirigida pela própria empresa com o fito de aprimorar o seu desempenho e eliminar as não conformidades de SST;
  • auditoria de segunda parte: estabelecida pela instituição a uma subcontratada (prestador ou fornecedor de serviços) com o objetivo de encontrar as não conformidades existentes;
  • auditoria externa: conduzida por empresas externas independentes e autorizadas para efeitos de certificação.

Como a auditoria em segurança do trabalho pode ser elaborada?

Uma auditoria eficiente pode ser feita da seguinte maneira:

  • organização: engloba a criação de um plano de auditoria, informando a finalidade da auditoria, critérios e documentos que serão usados como base para o processo, objetos a serem auditados, data, local e checklist;
  • efetivação: emprego do checklist, contendo as observações e o registro de indícios (documentação, vídeos, fotos, entre outros);
  • criação do relatório: onde constará a descrição das atividades executadas, não conformidades encontradas, evidência e plano para sanar os problemas.

Quais são os principais pontos a serem analisados?

A auditoria gera um olhar crítico e minucioso em relação às operações desenvolvidas, funcionários e o local de trabalho. Veja os principais critérios avaliados:

  • função: riscos das atividades praticadas pelos funcionários e cumprimento das medidas preventivas;
  • equipamentos e ferramentas: inspeção para encontrar eventuais falhas, averiguar a manutenção dos aparelhos, se existe o fornecimento de equipamentos de proteção individual e coletiva e se estes estão vencidos;
  • ambiente laboral: adequação da infraestrutura em relação às instalações elétricas e sanitárias, níveis de ruídos, iluminação, temperatura e ergonomia, promovendo mais qualidade para o trabalho do time;
  • funcionários: nível de entendimento em relação aos riscos da atividade, cumprimento da utilização dos equipamentos de proteção individual, treinamento adequado para o desempenho das funções;
  • periodicidade: não existe um período mínimo para que a auditoria seja feita. Porém, o ideal é que ela seja realizada com certa frequência, por exemplo, a cada seis meses ou um ano.

Quais são os benefícios da auditoria em segurança do trabalho?

Uma auditoria bem feira traz inúmeros benefícios para a companhia. Veja alguns deles:

  • melhora o ambiente de trabalho;
  • diminui os riscos de acidentes e doenças do trabalho;
  • subsidia a priorização de medidas de segurança do trabalho;
  • minimiza os custos operacionais;
  • aumenta a eficiência dos processos internos;
  • registra as ações de segurança do trabalho, reduzindo as multas e demais penalidades aplicadas pelas agências fiscalizadoras etc.

Agora que você já sabe a importância da auditoria em segurança do trabalho, é fundamental encontrar a melhor maneira para realizar esse processo, identificar os pontos que precisam ser melhorados e atender às normas regulamentadoras para evitar problemas.

Gostou deste post? Então, siga nossas redes sociais e fique por dentro de todas as novidades. Estamos no Facebook, Instagram e LinkedIn!